16 de jun de 2012

o último quadro em saint-rémy

último quadro de van gogh antes de sair do hospício de saint-rémy, em maio de 1890: "no portão da eternidade".


Como a coisa que mais o apavorava era a ociosidade, ocupou seus últimos dias no hospício – enquanto negociava com Theo os detalhes da viagem – pintando uma 'tradução' derradeira. Escolheu uma litografia que ele mesmo fizera em Haia, em 1882. Mostrava um velho sentado junto ao fogo, com a cabeça enterrada entre as mãos, esmagado sob o peso das desgraças e do vazio da vida. Mortificando-se de desespero, transferiu laboriosamente o patético autorretrato para uma tela grande, usando laranja, azul e amarelo – as cores de seu empreendimento naufragado no Midi.